O Movimento Maker

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Sumário

O que é o Movimento Maker?

Quando ouvimos o termo Movimento Maker, parece que estamos falando de algo bastante exclusivo, que apenas um pequeno grupo de pessoas pode ser considerado como parte dele. Mas, se você é daquelas pessoas que gostam de colocar a mão na massa, de criar soluções criativas para resolver problemas do dia-a-dia, podemos afirmar que você também faz parte do Movimento Maker.

Conforme os anos vão passando, a tecnologia fica cada vez mais acessível, e se antigamente para resolver algum problema precisávamos comprar soluções, hoje podemos criá-las da maneira que quisermos. Basta você ser uma pessoa curiosa e com vontade de aprender.

Esqueça essa coisa de “ah, estou muito velho para isso”. Não existe idade para ser um Maker, seja você um adolescente, ou alguém com bastante experiência, o Movimento Maker está diretamente ligado à sua criatividade e sua capacidade de encontrar soluções simples para problemas que aparentam ser complexos.

Como surgiu o Movimento Maker?

O Movimento Maker pode ser considerado uma extensão da filosofia D.I.Y. (Do It Yourself ou Faça Você Mesmo), um movimento que surgiu por volta dos anos 60 nos E.U.A, que promovia a ideia de que as pessoas eram capazes de criar, consertar e construir coisas com as próprias mãos. O D.I.Y. muitas vezes é relacionado a produtos de madeira, marcenaria, decoração, mas a filosofia por trás do movimento vai muito além disso.

Com o avanço da tecnologia e a facilidade ao acesso a informações de qualquer assunto na internet, o Movimento Maker cresceu e ganhou forma. As pessoas começaram a compartilhar seus conhecimentos ajudando outras a criarem soluções para as demandas do dia-a-dia. Podemos afirmar que esse espírito de comunidade, garantindo o compartilhamento de informações, conhecimentos e ideias, foi o principal percursor do Movimento Maker.

O momento que o mundo está vivendo também faz com que o Movimento Maker ganhe ainda mais espaço. A inovação, sustentabilidade e compartilhamento de ideias nunca foi tão necessário. Precisamos de mentes criativas que possam ajudar nosso planeta de uma forma geral, fugindo um pouco da produção em escala global e dando mais espaço para pessoas que encontram novas formas de solucionar problemas de maneira criativa e personalizada.

Como o Movimento Maker está mudando nosso dia-a-dia

Durante muito tempo a informação ficava restrita àquelas empresas que produziam e detinham a tecnologia sobre determinados produtos. Com a democratização da informação e conhecimento, esse papel se inverteu e hoje quem dita a regras dos negócios são os próprios consumidores. Outro ponto importante é que com a revolução digital, equipamentos que antes eram caríssimos ficaram muito mais acessíveis, dando mais poder para pequenos empreendedores e fazendo com que se tornassem mais competitivos no mercado.

Um grande exemplo disso são as empresas que criaram canais de diálogo com seus consumidores, a fim de entender exatamente suas necessidades e adaptar seus produtos para melhor atendê-los. Indo um pouco mais a fundo, você já parou para pensar na quantidade de Startups que vem surgindo nos últimos anos? Podemos afirmar que o Movimento Maker faz parte e contribui para esse aumento. Elas são nada mais do que pessoas que resolveram colocar a mão na massa e criar seus próprios produtos ou serviços. Criadas por indivíduos que estavam insatisfeitos com o que havia disponível no mercado e enxergaram uma oportunidade para fazer melhor.

O Movimento Maker e a Educação

O Movimento Maker está diretamente ligado a educação. Seja você uma criança, um adolescente ou um adulto, para criar algo do zero, você inevitavelmente acaba aprendendo sobre aquilo que se propôs a fazer. Basta acessar o Youtube e buscar por COMO FAZER “ALGUMA COISA”, ou buscar o termo faça você mesmo e pronto, você terá em suas mãos milhares de tutoriais mostrando passo a passo como fazer. Você não precisa ser especialista em nada para ser um Maker, basta ter vontade de aprender.

Andando em conjunto com o Movimento Maker, a Educação Maker traz em seu conceito a aplicação do faça você mesmo nas salas de aula do ensino infantil ao superior. O objetivo é transformar o conceito de ensino teórico, que muitas vezes se torna cansativo para os estudantes, em um conceito de ensino prático, colocando a mão na massa e aprendendo fazendo. A forma como os projetos são desenvolvidos, estimulam a criatividade e curiosidade, fazendo com que a experiência de aprender se torne algo mais prazeroso.

Um bom exemplo disso são as feiras de ciência, onde alunos aplicam os conhecimentos aprendidos em sala e desenvolvem os projetos científicos. Isso faz da ciência algo mais acessível e divertido e mostra para os estudantes que são capazes de construir algo que mude o mundo ao seu redor.

Os kits makers seguem a mesma linha, no campo do aprendizado podem ser usados para ensinar ou mostrar conceitos que seriam considerados complexos, mas de uma forma leve e divertida. As pessoas tendem a aprender conforme vão construindo e montando, deixando de lado o aprendizado somente pelo aprendizado e trazendo o conceito de aprender fazendo.

Sobre a Protto – O seu primeiro passo Maker

A Protto nasceu da visão de um jovem empreendedor que viu uma combinação entre dois grandes mercados: tecnologia e design. O principal propósito da Protto é desmistificar o conceito de que a tecnologia só é compreendida por especialistas. Utilizando os conceitos do Movimento Maker, proporciona processos de aprendizado envolvendo tecnologia a partir da desconstrução de produtos comuns do dia a dia.

Esses processos de aprendizado se transformam em experiências de empoderamento, permitindo que pessoas Makers desconstruam a barreira de que a tecnologia é para poucos. Entender os conceitos por trás dos produtos tecnológicos, garante que a experiência seja muito mais imersiva e faz com que as pessoas se conectem com o produto.

Kit Maker – ALVA – Faça Você mesmo

Fala sério, você já imaginou montar uma luminária inteligente que acende e apaga apenas com um gesto? Ou poder controlá-la por Wifi? Nós podemos garantir que você é capaz disso, por isso lançamos a Alva. Clique aqui para conhecer nosso primeiro Kit Maker.

Hoje, o Kit Maker Alva chega pronto para proporcionar o aprendizado por meio da experiência prática de sua montagem, abrindo novas perspectivas de como integrar a tecnologia no seu dia a dia.

A Protto traz os meios e produtos para inserir as pessoas no Movimento Maker e junto com os usuários, pretende construir novos produtos, novas ideias, inovações e trazer facilidades para o mundo. Nós sabemos que você é capaz. Faça você mesmo!